O Binômio de Newton

Print Friendly, PDF & Email

O Binômio de Newton (Álvaro de Campos)

O Binômio de Newton é tão belo como a Vênus de Milo.
O que há é pouca gente para dar por isso.
óóóó—óóóóóó óóó—óóóóóóó óóóóóóóó
(O vento lá fora.)

15-1-1928

Publicações relacionadas

Aparição Aparição (Cruz e Souza) Por uma estrada de astros e perfumes A Sa...
Aquela Senhora tem um Piano Aquela Senhora tem um Piano (Alberto Caeiro) ...
Vagabundo Vagabundo (Álvares de Azevedo) "Eat, drink, and love; what can the rest avail...
Sentimento do Mundo Sentimento do Mundo (Carlos Drummond de Andrade) Tenho apenas duas mãos e o...

Deixe uma resposta