A ponto de partir

Print Friendly, PDF & Email

A ponto de partir (Ana Cristina Cesar)

A ponto de
partir, já sei
que nossos olhos
sorriam para sempre
na distância.
Parece pouco?
Chão de sal grosso, e ouro que se racha.
A ponto de partir, já sei que nossos olhos sorriem na distância.
Lentes escuríssimas sob os pilotis.

Publicações relacionadas

Retrato Retrato (Antonio Machado) Mi infancia son recuerdos de un patio de Sevilla,...
Ai, Jesus! Ai, Jesus! (Álvares de Azevedo) Ai, Jesus! Não vês que gemo, Que desmaio de ...
O dilúvio O dilúvio(Machado de Assis) E caiu a chuva sobre a terra quarenta dias e q...
O Lupanar O Lupanar (Augusto dos Anjos) Ali! Por que monstruosíssimo motivo Prenderam...

Deixe uma resposta