O Universo

Print Friendly, PDF & Email

O Universo (Alberto Caeiro)

O universo não é uma idéia minha.
A minha idéia do Universo é que é uma idéia minha.
A noite não anoitece pelos meus olhos,
A minha idéia da noite é que anoitece por meus olhos.
Fora de eu pensar e de haver quaisquer pensamentos
A noite anoitece concretamente
E o fulgor das estrelas existe como se tivesse peso.

Publicações relacionadas

Ausência Ausência (Vinicius de Moraes Eu deixarei que morra em mim o desejo de amar os...
Poema Sujo – um fragment... Poema Sujo - um fragmento: "Velocidades" (Ferreira Gullar) Mas na cidade havi...
O passado… O passado... (Cora Coralina) O salão da frente recende a cravo. Um grupo de...
É Noite É Noite (Alberto Caeiro) É noite. A noite é muito escura. Numa casa a uma gra...

Deixe uma resposta