Oração

Print Friendly, PDF & Email

Oração (Charles Pierre Baudelaire)

Tradução de Paulo Cesar Pimentel

Glória e louvor a ti, Satã, lá nas alturas
Do céu onde reinastes, e nas furnas escuras
Do inferno onde, vencido, esperas com paciência!
Que um dia, junto a ti, sob a Árvore da Ciência,
Minha alma durma em paz, quando, vasta e frondosa,
Qual Templo se expandir sua coma gloriosa!

Publicações relacionadas

Com você Com você (Walt Whitman) Desconhecido, se você vier passando e der comigo e m...
Estas Verdades Estas Verdades (Alberto Caeiro) Estas verdades não são perfeitas porque são...
Chove. Há silêncio, porque a m... Chove. Há silêncio, porque a mesma chuva (Fernando Pessoa) Chove. Há silênci...
Vice versa Vice versa (Mario Benedetti) Tenho medo de ver-te necessidade de ver-te esp...

Deixe uma resposta