Passei ontem a noite junto dela

Print Friendly, PDF & Email

Passei ontem a noite junto dela (Álvares de Azevedo)

Passei ontem a noite junto dela.
Do camarote a divisão se erguia
Apenas entre nós — e eu vivia
No doce alento dessa virgem bela…

Tanto amor, tanto fogo se revela
Naqueles olhos negros! Só a via!
Música mais do céu, mais harmonia
Aspirando nessa alma de donzela!

Como era doce aquele seio arfando!
Nos lábios que sorriso feiticeiro!
Daquelas horas lembro-me chorando!

Mas o que é triste e dói ao mundo inteiro
É sentir todo o seio palpitando…
Cheio de amores! E dormir solteiro!

Publicações relacionadas

O silêncio e o mar O silêncio e o mar (Mario Benedetti) Do livr...
Tristes sucessos, casos lastim... Tristes sucessos, casos lastimosos (Gregório de Matos) Tristes sucessos, cas...
Mucho más grave Mucho más grave (Mario Benedetti) Todas las parcelas de mi vida tienen algo t...
A dor A dor (Cruz e Souza) Torva Babel das lágrimas, dos gritos, Dos so...

Deixe uma resposta