Pranto para comover Jonathan

Print Friendly, PDF & Email

Pranto para comover Jonathan (Adélia Prado)

Os diamantes são indestrutíveis?
Mais é meu amor.
O mar é imenso?
Meu amor é maior,
mais belo sem ornamentos
do que um campo de flores.
Mais triste do que a morte,
mais desesperançado
do que a onda batendo no rochedo,
mais tenaz que o rochedo.
Ama e nem sabe mais o que ama.

Publicações relacionadas

Canciones a Guiomar Canciones a Guiomar (Antonio Machado) I No sabía si era un limón amaril...
Quero quero Quero quero (Manuel Bandeira) Quero a solidão dos píncaros A água da fonte e...
Pouco a Pouco Pouco a Pouco (Alberto Caeiro) Pouco a pouco o campo se alarga e se doura. ...
Mágoas Mágoas (Augusto dos Anjos) Quando nasci, num mês de tantas flores, Todas mu...

Deixe uma resposta