Nicolás Guillén

Puente

Print Friendly, PDF & Email

Puente (Nicolás Guillén)

De Odas Mínimas
¿Lejos?
Hay un arco tendido
que hace viajar la flecha
de tu voz.

¿Alto?
Hay un ala que rema
recta, hacia el sol.
De polo a polo a una
secreta información.

¿Qué más?
Estar alerta
para el duro remar;
y toda el alma abierta
de par en par

Publicações relacionadas

Citações Saint-Exupéry Citações Saint-Exupéry (Antoine de Saint-Exupéry) "Ah! o maravilhoso de uma c...
Bicarbonato de Soda Bicarbonato de Soda (Álvaro de Campos) Súbita uma angústia... Ah que angústi...
Velho sobrado Velho sobrado (Cora Coralina) Um montão disforme. Taipas e pedras, abraçada...
Já me matei faz muito tempo Já me matei faz muito tempo (Paulo Leminski) já me matei faz muito tempo ...

Deixe uma resposta