Quem não sabe de ajuda

Print Friendly, PDF & Email

Quem não sabe de ajuda (Bertold Brecht)

Como pode a voz que vem das casas
Ser a da justiça
Se nos pátios estão os desabrigados?

Como pode não ser um embusteiro aquele que
Ensina os famintos outras coisas
Que não a maneira de abolir a fome?

Quem não dá o pão ao faminto
Quer a violência.

Quem na canoa não tem
Lugar para os que se afogam
Não tem compaixão.

Quem não sabe de ajuda
Que cale.

Publicações relacionadas

Que lindos olhos de azul inoce... Que lindos olhos de azul inocente os do pequenito do agiota! (Álvaro de Campos) ...
Budismo Moderno Budismo Moderno (Augusto dos Anjos) Tome, Dr., esta tesoura e... corte Minha...
Erra uma vez Erra uma vez (Paulo Leminski) nunca cometo o mesmo erro duas vezes ...
Pregão Pregão (Mario Benedetti) Tradução Senhor que não me olha olhe um pouco e...

Deixe uma resposta