Vladmir_Maiakowski

Dedução

Print Friendly, PDF & Email

Dedução (Vladmir Maiakowski)

Tradução de E. Carrera Guerra

Não acabarão nunca com o amor,
nem as rusgas,
nem a distância.
Está provado,
pensado,
verificado.
Aqui levanto solene
minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo
firme,
fiel
e verdadeiramente.

Publicações relacionadas

Os componentes da banda Os componentes da banda - trechos do livro (Adélia Prado) "Viver está ficando...
Nada, esta espuma Nada, esta espuma (Ana Cristina Cesar) Por afrontamento do desejo insisto n...
Uma Noite no Cairo Uma Noite no Cairo (Augusto dos Anjos) Noite no Egito. O céu claro e profund...
Um morto alegre Um morto alegre (Charles Pierre Baudelaire) ...

Deixe uma resposta