Vladmir_Maiakowski

Dedução

Print Friendly, PDF & Email

Dedução (Vladmir Maiakowski)

Tradução de E. Carrera Guerra

Não acabarão nunca com o amor,
nem as rusgas,
nem a distância.
Está provado,
pensado,
verificado.
Aqui levanto solene
minha estrofe de mil dedos
e faço o juramento:
Amo
firme,
fiel
e verdadeiramente.

Publicações relacionadas

Cessa o teu canto! Cessa o teu canto! (Fernando Pessoa) Cessa o teu canto! Cessa, que, enqua...
Do inquieto oceano da multidão... Do inquieto oceano da multidão (Walt Whitman) Do inquieto oceano da multidão ...
Reyerta Reyerta (Federico Garcia Lorca) En la mitad del barranco las navajas de Alba...
Leitura Leitura (Adélia Prado) Era um quintal ensombrado, murado alto de pedras. Às...

Deixe uma resposta