Tristeza do Império

Print Friendly, PDF & Email

Tristeza do Império (Carlos Drummond de Andrade)

Os conselheiros angustiados
ante o colo ebúrneo
das donzelas opulentas
que ao piano abemolavam
“bus-co a cam-pi-na se-rena
pa-ra li-vre sus-pi-rar”
esqueciam a guerra do Paraguai,
o enfado bolorento de São Cristóvão,
a dor cada vez mais forte dos negros
e sorvendo mecânicos
uma pitada de rapé,
sonhavam a futura libertação dos instintos
e ninhos de amor a serem instalados nos
arranha-céus de Copacabana, com rádio e telefone automático

——————————————————————————–

Publicações relacionadas

O cavalo baloiço vencedor O cavalo baloiço vencedor (David Hebert Lawrence) Havia uma mulher que er...
Memorándum Memorándum (Mario Benedetti) Uno llegar e incorporarse el día Dos respirar ...
Asa de Corvo Asa de Corvo (Augusto dos Anjos) Asa de corvos carniceiros, asa De mau agour...
Hombre de la esquina rosada Hombre de la esquina rosada (Jorge Luis Borges) ...

Deixe uma resposta