Resumo

Print Friendly, PDF & Email

Resumo (Adélia Prado)

Gerou os filhos, os netos,
deu à casa o ar de sua graça
e vai morrer de câncer.
O modo como pousa a cabeça para um retrato
é o da que, afinal, aceitou ser dispensável.
Espera, sem uivos, a campa, a tampa, a inscrição:
1906-1970
SAUDADE DOS SEUS, LEONORA.

Publicações relacionadas

A Esperança A Esperança (Augusto dos Anjos) A Esperança não murcha, ela não cansa, També...
Quando entre nós só havia uma ... Quando entre nós só havia uma carta (Ana Cristina Cesar) Quando entre nós só ...
Tu Tu (Vladmir Maiakowski) Tradução de E. Carrera Gu...
A minha Mãe A minha Mãe (Bertold Brecht) Tradu...

Deixe uma resposta