3 de Maio

Print Friendly, PDF & Email

3 de Maio (Oswald de Andrade)

Aprendi com meu filho de dez anos
Que a poesia é a descoberta
Das coisas que eu nunca vi.

Publicações relacionadas

Parábola Parábola (Antonio Machado) Erase de un marinero que hizo un jardín junto al ...
O pressentimento O pressentimento (Federico Garcia Lorca) (10 de ...
Versos a um Cão Versos a um Cão (Augusto dos Anjos) Que força pode, adstricta a ambriões info...
Vai pelo cais fora um bulício ... Vai pelo cais fora um bulício de chegada próxima (Álvaro de Campos) Vai pelo ...

Deixe uma resposta