3 de Maio

Print Friendly, PDF & Email

3 de Maio (Oswald de Andrade)

Aprendi com meu filho de dez anos
Que a poesia é a descoberta
Das coisas que eu nunca vi.

Publicações relacionadas

Pé Dentro, Pé Fora Pé Dentro, Pé Fora (Mário de Andrade) ...
No meu Prato No meu Prato (Alberto Caeiro) De O ...
Leve Leve (Alberto Caeiro) De O Guardado...
Lacrimae rerum Lacrimae rerum (Antero de Quental) ...

Deixe uma resposta