3 de Maio

Print Friendly, PDF & Email

3 de Maio (Oswald de Andrade)

Aprendi com meu filho de dez anos
Que a poesia é a descoberta
Das coisas que eu nunca vi.

Publicações relacionadas

Eu Eu (Paulo Leminski) eu quando olho nos olhos sei quando uma pessoa e...
Um Dia de Chuva Um Dia de Chuva (Alberto Caeiro) Um dia de chuva é tão belo como um dia de so...
Idealização da Humanidade Futu... Idealização da Humanidade Futura (Augusto dos Anjos) Rugia nos meus centros c...
Não discuto Não discuto (Paulo Leminski) não discuto com o destino o que pinta...

Deixe uma resposta