Sobre a violência

Print Friendly, PDF & Email

Sobre a violência (Bertold Brecht)

A corrente impetuosa é chamada de violenta
Mas o leito do rio que a contem
Ninguem chama de violento.
A tempestade que faz dobrar as betulas
E tida como violenta
E a tempestade que faz dobrar
Os dorsos dos operários na rua?

Publicações relacionadas

Ter ou não ter namorado? Ter ou não ter namorado? (Carlos Drummond de Andrade) Quem não tem namorado ...
Todavía Todavía (Mario Benedetti) No lo creo todavía estás llegando a mi lado y l...
A casada infiel A casada infiel (Federico Garcia Lorca) (A Lydia ...
Viagem de um vencido Viagem de um vencido (Augusto dos Anjos) Noite. Cruzes na estrada. Aves com f...

Deixe uma resposta