Vontade de dormir

Print Friendly, PDF & Email

Vontade de dormir (Mário de Sá Carneiro)

Fios de oiro puxam por mim
a soerguer-me na poeira —
Cada um para seu fim,
Cada um para seu norte…
……………………………………………………………
— Ai que saudade da morte…
………………………………………………………….
Quero dormir… ancorar…
……………………………………………………………

Arranquem-me esta grandeza!
— P’ra que me sonha a beleza
Se a não posso transmigrar?…

Publicações relacionadas

Dos milagres Dos milagres (Mário Quintana) O milagre não é dar vida ao corpo extinto, Ou ...
Enquanto eu lia o livro Enquanto eu lia o livro (Walt Whitman) Enquanto eu lia o livro, a famosa bio...
A Canoa Fantástica A Canoa Fantástica (Castro Alves) PELAS SOMBRAS temerosas Onde vai esta cano...
A Rua dos Cataventos A Rua dos Cataventos (Mário Quintana) Da vez primeira em que me assassinaram,...

Deixe uma resposta