A um Historiador

Print Friendly, PDF & Email

A um Historiador (Walt Whitman)

Você, que fala de coisas passadas,
tem explorado só o lado de fora,
as superfícies das raças,
a vida como ela se deixa ver,
tratando o ser humano
como uma criatura de políticos,
agregados, governantes e sacerdotes…

Eu, habitante dos Alleghanies,
tratando-o como ele de fato é
em seus plenos direitos,
tomando o pulso da vida
que raramente se deixa entrever
(o grande orgulho do homem consigo mesmo),
cantor da Personalidade, rascunhando
o que ainda está por vir
– o que projeto é a história do futuro.

Publicações relacionadas

Solidões Solidões (Mario Benedetti) Tradução Eles tem razão essa felicidade ao me...
Cruzou por mim, veio ter comig... Cruzou por mim, veio ter comigo, numa rua da Baixa (Álvaro de Campos) Cruzou ...
O punhal O punhal (Jorge Luis Borges) Tradução Em um estojo tem um punhal. Foi for...
Cidade Cidade (Oswald de Andrade) Foguetes pipocam o céu quando em quando Há uma mo...

Deixe uma resposta