O Próprio Ser eu Canto

Print Friendly, PDF & Email

O Próprio Ser eu Canto (Walt Whitman)

O próprio se eu canto:
canto a pessoa em si, em separado
– embora use a palavra Democracia
e a expressão Massa.

Eu canto o Corpo
da cabeça aos pés:
nem só o cérebro
nem só a fisionomia
tem valo para a Musa
– digo que a Forma completa
é muito mais valiosa,
e tanto a Fêmea quanto o Macho
eu canto.

A vida plena de paixão,
força e pulsão,
preparada para as ações mais livres
com suas leis divinas
– o Homem Moderno
eu canto.

Publicações relacionadas

Antífona Antífona (Cruz e Souza) Ó Formas alvas, brancas, Formas claras De luares, de...
Mi Buenos Aires querido Mi Buenos Aires querido (Juan Gelman) Do livro ...
Quando Vier a Primavera Quando Vier a Primavera (Alberto Caeiro) Quando vier a Primavera, Se eu já ...
Anoche cuando dormía Anoche cuando dormía (Antonio Machado) Anoche cuando dormía soñé, ¡bendita ...

Deixe uma resposta