A vida assim nos afeiçoa

Print Friendly, PDF & Email

A vida assim nos afeiçoa (Manuel Bandeira)

Se fosse dor tudo na vida,
Seria a morte o grande bem.
Libertadora, apetecida,
A alma dir-lhe-ia, ansiosa: – “Vem!

Mas horas há que marcam fundo…
Feitas, em cada um de nós,
De eternidades de segundo,
Cuja saudade extingue a voz.

A vida assim nos afeiçoa,
Prende. Antes fosse toda fel!
Que ao se mostrar às vezes boa,
Ela requinta em ser cruel…

Publicações relacionadas

O Suicida O Suicida (Jorge Luis Borges) Tradução Não restará na noite uma estrela. ...
Antes do nome Antes do nome (Adélia Prado) Não me importa a palavra, esta corriqueira. Qu...
Ora até que enfim…, perf... Ora até que enfim..., perfeitamente... (Álvaro de Campos) Ora até que enfim.....
Del pasado efímero Del pasado efímero (Antonio Machado) Este hombre del casino provinciano que ...

Deixe uma resposta