Pré-história

Print Friendly, PDF & Email

Pré-história (Murilo Mendes)

Mamãe vestida de rendas
Tocava piano no caos.
Uma noite abriu as asas
Cansada de tanto som,
Equilibrou-se no azul,
De tonta não mais olhou
Para mim, para ninguém!
Cai no álbum de retratos.

Publicações relacionadas

Sonho Branco Sonho Branco (Cruz e Souza) De linho e rosas brancas vais vestido, ...
O Corrupião O Corrupião (Augusto dos Anjos) Escaveirado corrupião idiota, Olha a atmosfe...
O notável foguete O notável foguete (Oscar Wilde) O filho do rei ia casar-se. Por isto o regozi...
Sonho de um Monista Sonho de um Monista (Augusto dos Anjos) Eu e o esqueleto esquálido de Esquilo...

Deixe uma resposta