Aninha e suas pedras

Print Friendly, PDF & Email

Aninha e suas pedras (Cora Coralina)

(Outubro, 1981)

Não te deixes destruir…
Ajuntando novas pedras
e construindo novos poemas.

Recria tua vida, sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.

Faz de tua vida mesquinha
um poema.

E viverás no coração dos jovens
e na memória das gerações que hão de vir.

Esta fonte é para uso de todos os sedentos.
Toma a tua parte.

Vem a estas páginas
e não entraves seu uso
aos que têm sede.

Publicações relacionadas

Desejos Vãos Desejos Vãos (Florbela Espanca) Eu queria ser o Mar de altivo porte Que ri ...
Cartas de Amor Ofhélia Queiroz conheceu Fernando Pessoa aos dezenove anos, em 1920. ...
Lílitchka Lílitchka (Vladmir Maiakowski) (em...
Desta vez não vai ter neve Desta vez não vai ter neve (Paulo Leminski) desta vez não vai ter neve como e...

Deixe uma resposta