As tuas mãos terminam em segredo

Print Friendly, PDF & Email

As tuas mãos terminam em segredo (Fernando Pessoa)

As tuas mãos terminam em segredo.
Os teus olhos são negros e macios
Cristo na cruz os teus seios (?) esguios
E o teu perfil princesas no degredo…
Entre buxos e ao pé de bancos frios
Nas entrevistas alamedas, quedo
O vendo põe o seu arrastado medo
Saudoso o longes velas de navios.

Mas quando o mar subir na praia e for
Arrasar os castelos que na areia
As crianças deixaram, meu amor,

Será o haver cais num mar distante…
Pobre do rei pai das princesas feias
No seu castelo à rosa do Levante !

Publicações relacionadas

Adiamento Adiamento (Fernando Pessoa) Depois de amanhã, sim, só depois de amanhã... Le...
Cultura Cultura (Arnaldo Antunes) O girino é o peixinho do sapo. O silêncio é o come...
Curriculum Curriculum (Mario Benedetti) El cuento es muy sencillo usted nace contemp...
Muito mais grave Muito mais grave (Mario Benedetti) Tradução Todas as partes de minha vida ...

Deixe uma resposta