Brilha uma voz na noite …

Print Friendly, PDF & Email

Brilha uma voz na noite … (Fernando Pessoa)

Brilha uma voz na noite
De dentro de Fora ouvi-a…
Ó Universo, eu sou-te…
Oh, o horror da alegria
Deste pavor, do archote
Se apagar, que me guia!
Cinzas de idéia e de nome
Em mim, e a voz:Ó mundo,
Sermente em ti eu sou-me…
Mero eco demim, me inundo
De ondas de negro lume
Em que pra Deus me afundo.

Publicações relacionadas

Se às Vezes Digo que as Flores... Se às Vezes Digo que as Flores Sorriem (Alberto Caeiro) ...
Poética Poética (Manuel Bandeira) Estou farto do lirismo comedido Do lirismo bem com...
Nacos de Nuvem Nacos de Nuvem (Vladmir Maiakowski) No céu flutuavam trapos de nuvem - quat...
Dos milagres Dos milagres (Mário Quintana) O milagre não é dar vida ao corpo extinto, Ou ...

Deixe uma resposta