Brilha uma voz na noite …

Print Friendly, PDF & Email

Brilha uma voz na noite … (Fernando Pessoa)

Brilha uma voz na noite
De dentro de Fora ouvi-a…
Ó Universo, eu sou-te…
Oh, o horror da alegria
Deste pavor, do archote
Se apagar, que me guia!
Cinzas de idéia e de nome
Em mim, e a voz:Ó mundo,
Sermente em ti eu sou-me…
Mero eco demim, me inundo
De ondas de negro lume
Em que pra Deus me afundo.

Publicações relacionadas

Bicarbonato de Soda Bicarbonato de Soda (Álvaro de Campos) Súbita uma angústia... Ah que angústi...
O Utopista O Utopista (Murilo Mendes) Ele acredita que o chão é duro Que todos os homen...
A Rua dos Cataventos A Rua dos Cataventos (Mário Quintana) Da vez primeira em que me assassinaram,...
De uma vez por todas De uma vez por todas (Thiago de Mello Por Carlos Heitor Cony Todas de uma vez....

Deixe uma resposta