Lendo Horácio

Print Friendly, PDF & Email

Lendo Horácio (Bertold Brecht)

Mesmo o diluvio
Não durou eternamente.
Veio o momento em que
As águas negras baixaram.
Sim, mas quão poucos
Sobreviveram!

Publicações relacionadas

Autopsicografia Autopsicografia (Fernando Pessoa) O poeta é um fingidor. Finge tã...
Uma Gargalhada Uma Gargalhada (Alberto Caeiro) Uma Gargalhada de rapariga soa do ar da es...
Orfandade Orfandade (Adélia Prado) Meu Deus, me dá cinco anos. Me dá um pé de fedego...
La lámpara en la tierra La lámpara en la tierra (Pablo Neruda) Amor América (1400) Antes de la p...

Deixe uma resposta