Fora de si

Print Friendly, PDF & Email

Fora de si (Arnaldo Antunes)

eu fico louco
eu fico fora de si
eu fico assim
eu fico fora de mim

eu fico um pouco
depois eu saio daqui
eu vai embora
eu fico fora de si

eu fico oco
eu fico bem assim
eu fico sem ninguém em mim

Publicações relacionadas

Impressionista Impressionista (Adélia Prado) Uma ocasião, meu pai pintou a casa toda de ...
Musica misteriosa… Musica misteriosa... (Augusto dos Anjos) Tenda de Estrelas níveas, reful...
Noiva da agonia Noiva da agonia (Cruz e Souza) Trêmula e só, de um túmulo surgindo, ...
Poemas Neoconcretos I Poemas Neoconcretos I - um fragmento: "Velocidades" (Ferreira Gullar) mar azu...

Deixe uma resposta