Musica misteriosa…

Print Friendly, PDF & Email

Musica misteriosa… (Augusto dos Anjos)

Tenda de Estrelas níveas, refulgentes,
Que abris a doce luz de alampadários,
As harmonias dos Estradivarius
Erram da Lua nos clarões dormentes…

Pelos raios fluídicos, diluentes
Dos Astros, pelos trêmulos velários,
Cantam Sonhos de místicos templários,
De ermitões e de ascetas reverentes…

Cânticos vagos, infinitos, aéreos
Fluir parecem dos Azuis etéreos,
Dentre os nevoeiros do luar fluindo…

E vai, de Estrela a Estrela, a luz da Lua,
Na láctea claridade que flutua,
A surdina das lágrimas subindo…

Publicações relacionadas

Canção II Canção II (Cecília Meireles) Quero um dia para chorar. Mas a vida vai tão d...
Aurora morta, foge! Aurora morta, foge! (Augusto dos Anjos) Soneto Aurora morta, foge! Eu busc...
Há Metafísica Bastante em Não ... Há Metafísica Bastante em Não Pensar em Nada (Alberto Caeiro) ...
Versos Versos (Antero de Quental) (escritos num exemplar das...

Deixe uma resposta