Oh ! Páginas da Vida que Eu Amava

Print Friendly, PDF & Email

Oh ! Páginas da Vida que Eu Amava (Alvares Azevedo)

Oh! Páginas da vida que eu amava,
Rompei-vos! nunca mais! tão desgraçado! …
Ardei, lembranças doces do passado!
Quero rir-me de tudo que eu amava!

E que doudo que eu fui! como eu pensava
Em mãe, amor de irmã! em sossegado
Adormecer na vida acalentado
Pelos lábios que eu tímido beijava!

Embora — é meu destino. Em treva densa
Dentro do peito a existência finda
Pressinto a morte na fatal doença!

A mim a solidão da noite infinda!
Possa dormir o trovador sem crença
Perdoa minha mãe – eu te amo ainda!

Publicações relacionadas

O homem público N. 1 (Antologi... O homem público N. 1 (Antologia) (Ana Cristina Cesar) Tarde aprendi bom mes...
Mi Vida Entera Mi Vida Entera (Jorge Luis Borges) Aqui otra vez, los labios memorables, unic...
Um paiá de Monai, bonzo bramá... Um paiá de Monai, bonzo bramá (Gregório de Matos) Um paiá de Monai, bonzo bra...
História de vampiros História de vampiros (Mario Benedetti) Do li...

Deixe uma resposta