Aceitarás o amor como eu o encaro ?…

Print Friendly, PDF & Email

Aceitarás o amor como eu o encaro ?… (Mário de Andrade)

Aceitarás o amor como eu o encaro ?…
…Azul bem leve, um nimbo, suavemente
Guarda-te a imagem, como um anteparo
Contra estes móveis de banal presente.

Tudo o que há de melhor e de mais raro
Vive em teu corpo nu de adolescente,
A perna assim jogada e o braço, o claro
Olhar preso no meu, perdidamente.

Não exijas mais nada. Não desejo
Também mais nada, só te olhar, enquanto
A realidade é simples, e isto apenas.

Que grandeza… a evasão total do pejo
Que nasce das imperfeições. O encanto
Que nasce das adorações serenas.

Publicações relacionadas

Plenilúnio Plenilúnio (Augusto dos Anjos) Desmaia o plenilúnio. A gaze pálida Que lhe ...
Datilógrafo Datilógrafo (Mario Benedetti) Do livro "Poema...
Noite de São João Noite de São João (Alberto Caeiro) Noite de S. João para além do muro do meu...
Relíquia intima Relíquia intima (Machado de Assis) Ilustríssimo, caro e velho amigo, Sab...

Deixe uma resposta