Poemas Neoconcretos I

Print Friendly, PDF & Email

Poemas Neoconcretos I – um fragmento: “Velocidades” (Ferreira Gullar)

mar azul

mar azul marco azul

mar azul marco azul barco azul

mar azul marco azul barco azul arco azul

mar azul marco azul barco azul arco azul ar azul

Publicações relacionadas

Passei Toda a Noite Passei Toda a Noite (Alberto Caeiro) Passei toda a noite, sem dormir...
A morte chega cedo A morte chega cedo (Fernando Pessoa) A morte chega cedo, Pois breve é toda ...
Veinte poemas de amor y una ca... Veinte poemas de amor y una canción desesperada - 15 (Pablo Neruda) Me gustas...
Fausto – Parte I (1806) ... Fausto - Parte I (1806) - resumo (Johann Wofgang von Goethe) A sede de onipot...

Deixe uma resposta