Poemas Neoconcretos II

Print Friendly, PDF & Email

Poemas Neoconcretos II – um fragmento: “Velocidades” (Ferreira Gullar)

verde verde verde

verde verde verde

verde verde verde

verde verde verde erva

Publicações relacionadas

Grande desejo Grande desejo (Adélia Prado) Não sou matrona, mãe dos Gracos, Cornélia, sou...
Haicai Haicai (Paulo Leminski) a estrela cadente me caiu ainda quente na palma d...
Evocação do Recife Evocação do Recife (Manuel Bandeira) Recife Não a Veneza americana Não a Ma...
O que quer dizer O que quer dizer (Paulo Leminski) O que quer dizer, diz. Não fica fazendo ...

Deixe uma resposta