Poemas Neoconcretos II

Print Friendly, PDF & Email

Poemas Neoconcretos II – um fragmento: “Velocidades” (Ferreira Gullar)

verde verde verde

verde verde verde

verde verde verde

verde verde verde erva

Publicações relacionadas

Abandonada Abandonada (Augusto dos Anjos) Ao meu irmão Odilon dos Anjos Bem depressa ...
A donzela e o fantasma –... A donzela e o fantasma - I (Oscar Wilde) CAPÍTULO I Quando mister Hiram B. O...
Pobres das Flores Pobres das Flores (Alberto Caeiro) ...
Muerto de amor Muerto de amor (Federico Garcia Lorca) A Margarita ...

Deixe uma resposta