Agregado infeliz de sangue e cal…

Augusto dos AnjosAgregado infeliz de sangue e cal… (Augusto dos Anjos)

Consulto o Phtah-Hotep. Leio o obsoleto
Rig-Veda. E, ante obras tais, me não consolo…
O Inconsciente me assombra e eu nêle tolo
Com a eólica fúria do harmatã inquieto!

Assisto agora à morte de um inseto!…
Ah! todos os fenômenos do solo
Parecem realizar de pólo a pólo
O ideal de Anaximandro de Mileto!

No hierático areopago heterogêneo
Das idéas, percorro como um gênio
Desde a alma de Haeckel à alma cenobial!…

Rasgo dos mundos o velário espesso;
E em tudo, igual a Goethe, reconheço
O império da substância universal!

Publicações relacionadas

As Cismas do Destino As Cismas do Destino (Augusto dos Anjos) I Recife. Ponte Buarque de Macedo...
A Aeronave A Aeronave (Augusto dos Anjos) Cindindo a vastidão do Azul profundo, Sulcand...
Aos Meus Filhos Aos Meus Filhos (Augusto dos Anjos) Na intermitência da vital canseira, Sois...
Apocalipse Apocalipse (Augusto dos Anjos) Minha divinatória Arte ultrapassa os séculos ...

Deixe uma resposta