Preceito 09

Print Friendly, PDF & Email

Preceito 09 (Gregório de Matos)

Do nono não digo nada,

porque para mim é vidro,

e quem o quiser tocar,

vá com o olho sobreaviso.

Eu bem sei, que também trazem

o meu crédito perdido,

mas valha sem sê-lo ex causa,

ou Ihos ponham seus maridos.

Confesso, que tenho culpas,

porém humilde confio,

mais que em riquezas do mundo,

da virtude num raminho.

Publicações relacionadas

A luva A luva (Augusto dos Anjos) Para o Augusto Belmont Pensa na glória! Arfa-lh...
Virar a página Virar a página (Mario Benedetti) Do livro "P...
Páscoa Páscoa (Adélia Prado) Velhice é um modo de sentir frio que me assalta e um...
Intimidade Intimidade (Mario Benedetti) Tradução Sonhamos juntos juntos despertamos ...

Deixe uma resposta