Saudação

Print Friendly, PDF & Email

Saudação (Adélia Prado)

Ave, Maria!
Ave, carne florescida em Jesus.
Ave, silêncio radioso,
urdidura de paciência
onde Deus fez seu amor inteligível!

Publicações relacionadas

Muito mais grave Muito mais grave (Mario Benedetti) Tradução Todas as partes de minha vida ...
Meu Sonho Meu Sonho (Alvares Azevedo) Eu Cavaleiro das armas escuras, Onde vais pelas...
Quase Quase (Mário de Sá Carneiro) Um pouco mais de sol - eu era brasa, Um pouco m...
Timidez Timidez (Cecília Meireles) Basta-me um pequeno gesto, feito de longe e de l...

Deixe uma resposta