A uma senhora que me pediu versos

Print Friendly, PDF & Email
A uma senhora que me pediu versos(Machado de Assis)

Pensa em ti mesma, acharás
Melhor poesia,
Viveza, graça, alegria,
Doçura e paz.

Se já dei flores um dia,
Quando rapaz,
As que ora dou têm assaz
Melancolia.

Uma só das horas tuas
Valem um mês
Das almas já ressequidas.

Os sóis e as luas
Creio bem que Deus os fez
Para outras vidas.

Publicações relacionadas

Canto do Meu Canto Canto do Meu Canto (Thiago de Mello) Escrevi no chão do outrora e agora me ...
Balada das dez bailarinas do c... Balada das dez bailarinas do cassino (Cecília Meireles) Dez bailarinas desliz...
Aos Leitores Amigos Aos Leitores Amigos (Johann Wofgang von Goethe) Poetas não podem calar-se, Q...
Abandonada Abandonada (Augusto dos Anjos) Ao meu irmão Odilon dos Anjos Bem depressa ...

Deixe uma resposta