Vai Alta no Céu

Print Friendly, PDF & Email

Vai Alta no Céu (Alberto Caeiro)
Vai alta no céu a lua da Primavera
Penso em ti e dentro de mim estou completo.

Corre pelos vagos campos até mim uma brisa ligeira.
Penso em ti, murmuro o teu nome; e não sou eu: sou feliz.

Amanhã virás, andarás comigo a colher flores pelo campo,
E eu andarei contigo pelos campos ver-te colher flores.
Eu já te vejo amanhã a colher flores comigo pelos campos,
Pois quando vieres amanhã e andares comigo no campo a colher flores,
Isso será uma alegria e uma verdade para mim.

Publicações relacionadas

O sol O sol (Charles Pierre Baudelaire) Trad...
Problemas del subdesarrollo Problemas del subdesarrollo (Nicolás Guillén) De...
Canção – XXXVIII (T) Canção - XXXVIII (Antonio Machado) ...
O poeta pede a seu amor que lh... O poeta pede a seu amor que lhe escreva (Federico Garcia Lorca) Amor de ...

Deixe uma resposta