Andorinha

Print Friendly, PDF & Email

Andorinha (Manuel Bandeira)

Andorinha lá fora está dizendo:
— “Passei o dia à toa, à toa!”

Andorinha, andorinha, minha cantiga é mais triste!
Passei a vida à toa, à toa . .

Publicações relacionadas

Ninguém me Habita Ninguém me Habita (Thiago de Mello Ninguém me habita. A não ser o milagre d...
Ápice Ápice (Mário de Sá Carneiro) O raio do sol da tarde Que uma janela perdida ...
O poeta e a poesia O poeta e a poesia (Cora Coralina) Não é o poeta que cria a poesia. E sim, a...
Passa uma Borboleta Passa uma Borboleta (Alberto Caeiro) ...

Deixe uma resposta