Chove. É dia de Natal

Print Friendly, PDF & Email

Chove. É dia de Natal (Fernando Pessoa)

Chove. É dia de Natal.
Lá para o Norte é melhor:
Há a neve que faz mal,
E o frio que ainda é pior.
E toda a gente é contente
Porque é dia de o ficar.
Chove no Natal presente.
Antes isso que nevar.

Pois apesar de ser esse
O Natal da convenção,
Quando o corpo me arrefece
Tenho o frio e Natal não.

Deixo sentir a quem quadra
E o Natal a quem o fez,
Pois se escrevo ainda outra quadra
Fico gelado dos pés.

Publicações relacionadas

Minha Universidade Minha Universidade (Vladmir Maiakowski) Conheceis o francês, sabeis dividir...
Uma folha às mãos dadas Uma folha às mãos dadas (Walt Whitman) Uma folha às mãos dadas! Vocês, pesso...
O homem público N. 1 (Antologi... O homem público N. 1 (Antologia) (Ana Cristina Cesar) Tarde aprendi bom mes...
Os gatos Os gatos (Charles Pierre Baudelaire) ...

Deixe uma resposta