Citações de David Lawrence

Print Friendly, PDF & Email
Citações de David Lawrence (David Hebert Lawrence)

Contudo, dir-se-ia que os seres humanos têm de firmar as garras em qualquer coisa. Para sermos «livres», para «vivermos uma vida cheia e bela», é necessário, ai de nós!, agarrarmo-nos a qualquer coisa. Uma «vida cheia e bela» significa a adesão firme a qualquer coisa pelo menos, assim acontece com todos os idealistas – porque, de contrário, sobrevem o tédio. Há um certo acenar de tentáculos para o ar, como acontece com as gavinhas acenantes, tacteantes da vide que se estendem e enroscam, procurando qualquer coisa a que se agarrem, qualquer coisa a que trepem, em procura do necessário sol. Quando não encontra nada, a vinha apenas rasteja sobre o solo, não chegando a realizar-se plenamente. Tal é a liberdade! – o agarrar-se à estaca que convém. E os seres humanos são todos vides. Mas especialmente o idealista. Este é uma vide que necessita de se agarr ar e de trepar, desprezando o homem que é uma simples batata, um simples nabo ou pedaço de madeira.

Publicações relacionadas

A Mário de Andrade ausente A Mário de Andrade ausente (Manuel Bandeira) Anunciaram que você morreu. Me...
Mundo Grande Mundo Grande (Carlos Drummond de Andrade) Não, meu coração não é maior que o ...
Aventura na casa atarracada Aventura na casa atarracada (Ana Cristina Cesar) Movido contraditoriamente ...
Tristeza do Império Tristeza do Império (Carlos Drummond de Andrade) Os conselheiros angustiados ...

Deixe uma resposta