Dialética

Print Friendly, PDF & Email

Dialética (Vinicius de Moraes

É claro que a vida é boa
E a alegria, a única indizível emoção
É claro que te acho linda
Em ti bendigo o amor das coisas simples
É claro que te amo
E tenho tudo para ser feliz
Mas acontece que eu sou triste…

Publicações relacionadas

Um Renque de Árvores Um Renque de Árvores (Alberto Caeiro) ...
Com licença poética Com licença poética (Adélia Prado) Quando nasci um anjo esbelto, desses que ...
O Condenado O Condenado (Augusto dos Anjos) Folga a justiça e ...
A sombra imagem minha A sombra imagem minha (Walt Whitman) A sombra imagem minha que para cá e par...

Deixe uma resposta