Encontro de assombrar na catedral

Print Friendly, PDF & Email

Encontro de assombrar na catedral (Ana Cristina Cesar)

Frente a frente, derramando enfim todas as
palavras, dizemos, com os olhos, do silêncio que
não é mudez.
E não toma medo desta alta compadecida
passional, desta crueldade intensa que te
toma as duas mãos.

Publicações relacionadas

Ceticismo Ceticismo (Augusto dos Anjos) Desci um dia ao tenebroso abismo, Onde a dúvid...
A la muerte de Rubén Darío A morte de Rubén Darío (Antonio Machado) Si era toda en tu verso la armonía d...
Terra dos homens I Terra dos homens I (Antoine de Saint-Exupéry) Trechos do livro " Se às vez...
Perfume exótico Perfume exótico (Charles Pierre Baudelaire) Tradução de Osório Dutra Quan...

Deixe uma resposta