Encontro de assombrar na catedral

Print Friendly, PDF & Email

Encontro de assombrar na catedral (Ana Cristina Cesar)

Frente a frente, derramando enfim todas as
palavras, dizemos, com os olhos, do silêncio que
não é mudez.
E não toma medo desta alta compadecida
passional, desta crueldade intensa que te
toma as duas mãos.

Publicações relacionadas

Opiniones Opiniones (Juan Gelman) Do livro "Gotán" Un ...
O mapa O mapa (Mário Quintana) Olho o mapa da cidade Como quem examinasse A anatom...
El Suicida El Suicida (Jorge Luis Borges) No quedará en la noche una estrella. No qued...
Subúrbia Subúrbia (Mario Benedetti) Do livro "Inventár...

Deixe uma resposta