Tema e voltas

Print Friendly, PDF & Email

Tema e voltas (Manuel Bandeira)

Mas para quê
Tanto sofrimento,
Se nos céus há o lento
Deslizar da noite?

Mas para quê
Tanto sofrimento,
Se lá fora o vento
É um canto da noite?

Mas para quê
Tanto sofrimento,
Se agora, ao relento.
Cheira a flor da noite?

Mas para quê
Tanto sofrimento,
Se o meu pensamento
É livre na noite?

Publicações relacionadas

Insônia Insônia (Augusto dos Anjos) Noite. Da Mágoa o espírito noctâmbulo Passou de...
Pergunte ao pó Pergunte ao pó (Paulo Leminski) cresce a vida cresce o tempo cresce...
Olá, Guardador de Rebanhos Olá, Guardador de Rebanhos (Alberto Caeiro) ...
As meninas da gare As meninas da gare (Oswald de Andrade) Eram três ou quatro moças bem moças e ...

Deixe uma resposta