Tema e voltas

Print Friendly, PDF & Email

Tema e voltas (Manuel Bandeira)

Mas para quê
Tanto sofrimento,
Se nos céus há o lento
Deslizar da noite?

Mas para quê
Tanto sofrimento,
Se lá fora o vento
É um canto da noite?

Mas para quê
Tanto sofrimento,
Se agora, ao relento.
Cheira a flor da noite?

Mas para quê
Tanto sofrimento,
Se o meu pensamento
É livre na noite?

Publicações relacionadas

Hino a deus Hino a deus (Bertold Brecht) Tradu...
Curriculum Curriculum (Mario Benedetti) El cuento es muy sencillo usted nace contemp...
Orfandade Orfandade (Adélia Prado) Meu Deus, me dá cinco anos. Me dá um pé de fedego...
Las moscas Las moscas (Antonio Machado) Vosotras, las familiares, inevitables golosas, ...

Deixe uma resposta