Transgressões

Print Friendly, PDF & Email

Transgressões (Mario Benedetti)

Do livro “Perguntas ao acaso”
Tradução de Julio Luís Gehlen

Todo mandato é minucioso
e cruel
eu gosto
das frugais transgressões

por exemplo inventar o bom
amor
aprender
nos corpos e em seu corpo

ouvir a noite e não dizer
amém
traçar
cada um o mapa da audácia

mesmo que nos esqueçamos
de esquecer
é certo
que a recordação nos esquece

obedecer cegamente deixa
cego
crescemos
somente na ousadia

só quando transgrido alguma
ordem
o futuro
se torna respirável

todo mandato é minucioso
e cruel
eu gosto
das frugais transgressões

Publicações relacionadas

Versos Versos (Antero de Quental) (escritos num exemplar das...
Ter ou não ter namorado? Ter ou não ter namorado? (Carlos Drummond de Andrade) Quem não tem namorado ...
Romance de la luna, luna Romance de la luna, luna (Federico Garcia Lorca) En la mitad del barranco la...
Veinte poemas de amor y una ca... Veinte poemas de amor y una canción desesperada - 20 (Pablo Neruda) Puedo esc...

Deixe uma resposta