Um Renque de Árvores

Print Friendly, PDF & Email

Um Renque de Árvores (Alberto Caeiro)
De O Guardador de Rebanhos

Um renque de árvores lá longe, lá para a encosta.
Mas o que é um renque de árvores? Há árvores apenas.
Renque e o plural árvores não são cousas, são nomes.
Tristes das almas humanas, que põem tudo em ordem,
Que traçam linhas de cousa a cousa,
Que põem letreiros com nomes nas árvores absolutamente reais,
E desenham paralelos de latitude e longitude
Sobre a própria terra inocente e mais verde e florida do que isso!

Publicações relacionadas

Gozo os Campos Gozo os Campos (Alberto Caeiro) Gozo os campos sem reparar para eles. ...
Animais Animais (Walt Whitman) Penso que poderia desviar-me e viver com os animais, s...
Trégua Trégua (Adélia Prado) Hoje estou velha como quero ficar Sem nenhuma estridên...
Esse Desemprego! Esse Desemprego! (Bertold Brecht) Meus senhores, é mesmo um problema Esse de...

Deixe uma resposta