Canção Boba

Print Friendly, PDF & Email

Canção Boba (Federico Garcia Lorca)

Tradução de José Paulo Paes

Mamãe,
Eu quero ser de prata.

Filho,
Terás muito frio.

Mamãe,
Eu quero ser de água.

Filho,
terás muito frio.

Mamãe,
Borda-me em tua almofada.

Isso sim!
Agora mesmo!

Publicações relacionadas

Meu Deus, me dê a coragem Meu Deus, me dê a coragem (Clarice Lispecto) Meu Deus, me dê a coragem de ...
A vida anterior A vida anterior (Charles Pierre Baudelaire) Tradução de Guilherme de Almeida...
A um Carneiro Morto A um Carneiro Morto (Augusto dos Anjos) Misericordiosíssímo carneiro Esquart...
Pneumotoráx Pneumotoráx (Manuel Bandeira) Febre, hemoptise, dispnéia e suores noturnos, ...

Deixe uma resposta