Encruzilhada

Print Friendly, PDF & Email

Encruzilhada (Federico Garcia Lorca)

Tradução de Fernando Correia da Silva

Vento do Leste;
uma lanterna
e um punhal
no coração.

A rua
possui um tremor
de corda tensa,
um tremor
de moscardo.

Em todos os lados
eu
vejo o punhal
no coração.

Publicações relacionadas

Bárbaro Bárbaro (Mário de Sá Carneiro) Enroscam-se-lhe ao trono as serpentes doiradas...
Eterna Mágoa Eterna Mágoa (Augusto dos Anjos) O homem por sobre quem caiu a praga Da tris...
Gozo os Campos Gozo os Campos (Alberto Caeiro) Gozo os campos sem reparar para eles. ...
Cravo de noiva Cravo de noiva (Augusto dos Anjos) Cravo de noiva. A nívea cor de cera Que o...

Deixe uma resposta