Encruzilhada

Print Friendly, PDF & Email

Encruzilhada (Federico Garcia Lorca)

Tradução de Fernando Correia da Silva

Vento do Leste;
uma lanterna
e um punhal
no coração.

A rua
possui um tremor
de corda tensa,
um tremor
de moscardo.

Em todos os lados
eu
vejo o punhal
no coração.

Publicações relacionadas

A la muerte de Rubén Darío A morte de Rubén Darío (Antonio Machado) Si era toda en tu verso la armonía d...
Na Minha Terra Na Minha Terra (Álvares de Azevedo) Laisse-toi donc aimer! Oh! l'amour...
Resumo Resumo (Adélia Prado) Gerou os filhos, os netos, deu à casa o ar de sua graç...
Ergue, criança, a fronte condo... Ergue, criança, a fronte condorina ... (Augusto dos Anjos) Soneto Ao meu p...

Deixe uma resposta