Cantigas Leva-as o Vento…

Print Friendly, PDF & Email

Cantigas Leva-as o Vento… (Florbela Espanca)

A lembrança dos teus beijos
Inda na minh’alma existe,
Como um perfume perdido,
Nas folhas dum livro triste.

Perfume tão esquisito
E de tal suavidade,
Que mesmo desapar’cido
Revive numa saudade!

Publicações relacionadas

Poema Sujo – um fragment... Poema Sujo - um fragmento: "Velocidades" (Ferreira Gullar) Mas na cidade havi...
As litanias de Satã I As litanias de Satã I (Charles Pierre Baudelaire) Ó tu, o Anjo mais belo e ta...
Múmia Múmia (Cruz e Souza) Múmia de sangue e lama e terra e treva, Podr...
Como Bem Sei Como Bem Sei (Bertold Brecht) Como bem sei Os impuros viajam para o inferno ...

Deixe uma resposta