Versos de orgulho

Print Friendly, PDF & Email

Versos de orgulho (Florbela Espanca)

O mundo quer-me mal porque ninguém
Tem asas como eu tenho ! Porque Deus
Me fez nascer Princesa entre plebeus
Numa torre de orgulho e de desdém.

Porque o meu Reino fica para além …
Porque trago no olhar os vastos céus
E os oiros e clarões são todos meus !
Porque eu sou Eu e porque Eu sou Alguém !

O mundo ? O que é o mundo, ó meu Amor ?
O jardim dos meus versos todo em flor …
A seara dos teus beijos, pão bendito …

Meus êxtases, meus sonhos, meus cansaços …
São os teus braços dentro dos meus braços,
Via Láctea fechando o Infinito.

Publicações relacionadas

Andei léguas de sombra Andei léguas de sombra (Fernando Pessoa) Andei léguas de sombra Dentro em...
Da Mais Alta Janela da Minha C... Da Mais Alta Janela da Minha Casa (Alberto Caeiro) ...
Ave Dolorosa Ave Dolorosa (Augusto dos Anjos) Ave perdida para sempre - crença Perdida - ...
Moça linda bem tratada Moça linda bem tratada (Mário de Andrade) Moça linda bem tratada, Três sécul...

Deixe uma resposta