Escreve-Me …

Print Friendly, PDF & Email

Escreve-Me … (Florbela Espanca)

Escreve-me! Ainda que seja só
Uma palavra, uma palavra apenas,
Suave como o teu nome e casta
Como um perfume casto d’açucenas!

Escreve-me!Há tanto,há tanto tempo
Que te não vejo, amor!Meu coração
Morreu já,e no mundo aos pobres mortos
Ninguém nega uma frase d’oração!

“Amo-te!”Cinco letras pequeninas,
Folhas leves e tenras de boninas,
Um poema d’amor e felicidade!

Não queres mandar-me esta palavra apenas?
Olha, manda então…brandas…serenas…
Cinco pétalas roxas de saudade…

Eu chego então à janela:
E fico a olhar para a lua…
E fico a chorar com ela! …

Publicações relacionadas

El Principito – XXI El Principito - XXI (Antoine de Saint-Exupéry) ... A raposa calou-se e consi...
Preceito 02 Preceito 02 (Gregório de Matos) No que toca aos juramentos, de mim para m...
Tu, Místico Tu, Místico (Alberto Caeiro) Tu, místico, vês uma significação em todas as ...
Sonhos Sonhos (Florbela Espanca) Ter um sonho, um sonho lindo, Noite branda de luar...

Deixe uma resposta