A Máscara do Mal

Print Friendly, PDF & Email

A Máscara do Mal (Bertold Brecht)

Em minha parede há uma escultura de madeira japonesa
Máscara de um demônio mau, coberta de esmalte dourado.
Compreensivo observo
As veias dilatadas da fronte, indicando
Como é cansativo ser mal

Publicações relacionadas

Não te salves Não te salves (Mario Benedetti) Não fiques parado a beira do caminho, não c...
Canção da Parada do Lucas Canção da Parada do Lucas (Manuel Bandeira) Parada do Lucas — O trem não par...
Dispersão Dispersão (Mário de Sá Carneiro) Perdi-me dentro de mim Porque eu era labir...
Preceito 06 Preceito 06 (Gregório de Matos) Entremos pelos devotos do nefando Deus Cu...

Deixe uma resposta