A Máscara do Mal

Print Friendly, PDF & Email

A Máscara do Mal (Bertold Brecht)

Em minha parede há uma escultura de madeira japonesa
Máscara de um demônio mau, coberta de esmalte dourado.
Compreensivo observo
As veias dilatadas da fronte, indicando
Como é cansativo ser mal

Publicações relacionadas

Agonia de um Filósofo Agonia de um Filósofo (Augusto dos Anjos) Consulto o Phtah-Hotep. Leio o obso...
O que quer dizer O que quer dizer (Paulo Leminski) O que quer dizer, diz. Não fica fazendo ...
Silêncio!… Silêncio!... (Florbela Espanca) No fadário que é meu, neste penar, Noite alt...
Infâncias Infâncias (Mario Benedetti) Do livro "Pergun...

Deixe uma resposta