A Máscara do Mal

Print Friendly, PDF & Email

A Máscara do Mal (Bertold Brecht)

Em minha parede há uma escultura de madeira japonesa
Máscara de um demônio mau, coberta de esmalte dourado.
Compreensivo observo
As veias dilatadas da fronte, indicando
Como é cansativo ser mal

Publicações relacionadas

O Binômio de Newton O Binômio de Newton (Álvaro de Campos) O Binômio de Newton é tão belo como a ...
As litanias de Satã (2) As litanias de Satã (2) (Charles Pierre Baudelaire) ...
Insânia Insânia (Augusto dos Anjos) No mundo vago das idealidades Afundei minha louc...
Em sonhos… Em sonhos... (Cruz e Souza) Nos Santos óleos do luar, floria Teu ...

Deixe uma resposta