Amor e Religião

Print Friendly, PDF & Email

Amor e Religião (Augusto dos Anjos)

Conheci-o: era um padre, um desses santos
Sacerdotes da Fé de crença pura,
Da sua fala na eternal doçura
Falava o coração. Quantos, oh! Quantos
Ouviram dele frases de candura

Que d’infelizes enxugavam prantos!
E como alegres não ficaram tantos
Corações sem prazer e sem ventura!

No entanto dizem que este padre amara.
Morrera um dia desvairado, estulto,
Su’alma livre para o Céu se alara.

E Deus lhe disse: “És duas vezes santo,
Pois se da Religião fizeste culto,
Foste do amor o mártir sacrossanto.”

Publicações relacionadas

Vencedor Vencedor (Augusto dos Anjos) Toma as espadas rútilas, guerreiro, E á rutilâ...
Que lindos olhos de azul inoce... Que lindos olhos de azul inocente os do pequenito do agiota! (Álvaro de Campos) ...
Citações de David Lawrence Citações de David Lawrence (David Hebert Lawrence) Contudo, dir-se-ia que o...
Versos de orgulho Versos de orgulho (Florbela Espanca) O mundo quer-me mal porque ninguém Tem ...

Deixe uma resposta