Teóricos da Educação

Print Friendly, PDF & Email

Teorias da Educação


Os Teóricos da Educação

Rousseau, Pestallozzi, Froebel, Ferrer, Dewey, Dècroly, Makarenko, Ferrière, Cousinet, Neill, Rogers, Vygotsky, Robin, Steiner, Montessori e Piaget.

Estes estudiosos e pesquisadores de várias áreas do saber como a Psicologia, Biologia, Medicina, Filosofia, Antropologia, contribuíram em muito para que a pedagogia avançasse.

Rousseau não foi um professor e sim um filósofo preocupado com a educação da mesma forma que Ferrière. Já Cousinet foi professor e inspetor-formador; Steiner lidou com a educação como um aspecto de sua teoria globalizante; Neill criou sua própria escola; Pestallozzi e Montessori foram médicos pesquisadores voltados para a educação; Rogers foi professor e psicólogo clínico; Makarenko foi professor e diretor de escolas para alunos com desvios de conduta; Robin foi professor e diretor de um orfanato. Froebel e Dewey tiveram proposições importantes no campo da educação. Froebel é considerado o criador dos jardins de infância e Dewey foi um dos mentores do movimento conhecido como Escola Nova.

Cousinet e Ferrière lançaram movimentos em direção a uma nova visão de educação e escola. Pestallozzi fundou escolas e laboratórios pedagógicos. Ferrer também deu passos importantes no movimento da Escola Nova.

Todos, de alguma forma, têm lugar no campo pedagógico, incluindo Piaget com seus trabalhos sobre a gênese do desenvolvimento do raciocínio e Vygotsky com sua importante teoria Histórico Cultural de construção de conhecimentos.

Uns construíram teorias propriamente ditas, outros aplicaram estudos e observações diretamente no campo pedagógico mas, sem dúvida, todos foram estudiosos que deixaram marcas na educação.

fonte: Multirio

Deixe uma resposta