Pinha

Annona squamosa


Nome Científico: Annona squamosa.
Nomes Populares: Fruta-do-conde, Pinha, Anona, Condessa, Pinheira, Fruta-de-conde, Araticum, Ata, Cabeça-de-nego, Coração-de-boi
Família: Annonaceae
A pinha ou ata também é conhecida como fruta-do-conde.
Parente da graviola e nativa das Antilhas, a fruta desembarcou no porto de Salvador em 1626, trazida por Diogo Luis de Oliveira, o Conde Miranda, que acabava de ser nomeado governador-geral.
Comida com colher, a fruta-do-conde é rica em potássio e vitaminas C e do complexo B e por isso é indicada em casos de desnutrição.
Já a medicina natural atribui às folhas, propriedades digestivas, diuréticas, laxativas, anti-reumáticas e cicatrizantes.
Sinonímia: Annona asiatica L.; Annona asiatica Vahl; Annona cinerea Dunal; Annona distincta Raeusch.; Annona forskahlii DC.; Annona forsskalii DC.; Annona squamosa f. parvifolia Kuntze; Guanabanus squamosus M. Gómez; Xylopia frutescens Sieb. ex Presl; Xylopia frutescens var. glabra S. Watson; Xylopia glabra L.
Etimologia: Annona squamosa, traduzido do latim, significa “disposições escamosas”.
Outros idiomas: sugar apple, custard apple e sweetsop (inglês); pomme cannelle (francês); annona (italiano);
– anona e chirimoya verrugosa (espanhol); gandhagatra e shubba (sánscrito); ramphal, sharifah e sitaphal (hindú).
Flores: As flores de A. squamosa são hermafroditas, axilares, com cálice e corola carnosos, formando uma câmara floral, que funciona como abrigo, fonte alimentar e/ou local de acasalamento para os visitantes florais. As flores apresentam características da síndrome de cantarofilia, tais como pétalas carnosas, de coloração clara e emissão de odores fortes e desagradáveis.
A antese é crepuscular, iniciando por volta das 17 horas e a duração das flores é de aproximadamente dois dias. As flores se apresentam em fase feminina nas primeiras 20 horas e em fase masculina nas 20 horas seguintes, caracterizando a dicogamia.1.


A Pinha, Fruta-do-conde ou Ata (Annona squamosa, L.) pertence à família das anonáceas. No Brasil, é considerada uma fruta exótica cuja produção vem aumentando nos últimos anos. Atualmente, os maiores produtores de pinha são os Estados de Alagoas e de São Paulo. Essa anonácea apresenta frutos de sabor muito agradável e ricos em minerais e vitaminas, sendo portanto, um bom complemento alimentar na dieta humana. Além disso, têm sido isolados compostos químicos presentes em diferentes partes da planta, como acetogeninas e alcalóides que apresentam atividades inseticidas e medicinais. 2


O nome “fruta-do-conde” comum no Brasil, deve-se ao fato da primeira muda da espécie ter sido introduzida em 1626, na Bahia, pelo governador Diogo Luís de Oliveira, o Conde de Miranda.
Características: Geralmente uma árvore de 3 a 6 metros de altura com galhos finos. As folhas são oblongas/lanceoladas com 10 a 15 centímetros de comprimento e de 3 a 5 centímetros de largura, arranjadas em pecíolos curtos e estreitos. As folhas jovens tendem a ser velosas. É uma planta semi-decídua e a maioria das folhas caem antes de novos brotos aparecerem. As flores são hermafroditas, pendentes solitárias ou em cachos de duas a três brotos folhosos. A pinha é, na verdade, um conjunto de frutos agregados, originários de uma única flor.
Época de frutificação e florada: A florada geralmente acontece no final no início do verão com as primeiras chuvas por volta dos meses de janeiro e fevereiro, porém,sua florada pode variar de acordo com a região do país. Já a frutificação acontece nos meses de março a maio. Produz frutos doces e saborosíssimos, considerados uns dos melhores do seu gênero, que abarca cerca de 120 espécies puras mais alguns híbridos. Ideal para consumo in natura, a polpa branca pode ser também usada no preparo de sorvetes e sucos, dando boa consistência às receitas.
Cultivo: O ano todo, dependendo da possibilidade de irrigação e da região; prefira os meses chuvosos. Solo: adapta-se a vários tipos, mas se dá bem nos de textura leve, bem drenados, arejados, profundos, ricos em matéria orgânica e ligeiramente ácidos. Clima: quente; não tolera geadas nem temperaturas baixas
Aves mais atraídas pela planta: Sanhaçu, saíra, fim-fim e outros…


EXEMPLAR PLANTADO NO CÓRREGO:
Foto em


Fontes:
1https://www.tudosobreplantas.com.br
2https://www.embrapa.br
3http://www.wikiaves.com.br


Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *